A Noruega tem fenômenos naturais de deixar qualquer um boquiaberto. Confira cinco atrações que você não pode perder:

 

 


aurora boreal


Aurora boreal 

As incríveis luzes esverdeadas que surgem no céu dos polos terrestres são causadas pelo impacto do vento solar e a poeira espacial na terra. A aurora boreal pode ser vista com mais frequência no outono (entre setembro e outubro) e primavera (março e abril). A cidade de Tromso é das mais populares para quem espera ver este fenômeno, já que tem uma localização  privilegiada, acima do Círculo Polar Ártico. Tromso tem excelente infraestrutura turística e uma vida noturna badalada, fruto da presença da universidade mais nórdica do planeta. Contudo, é importante planejar a viagem de modo a ficar alguns dias na região, dado que não há garantias de que as luzes serão vistas. Aproveite ao máximo quando acontecer: você certamente se lembrará do momento para o resto de sua vida.

 

glaciares


Glaciares

A Era do Gelo não é só história na Noruega: ainda há resquícios da época, quando o país estava inteiramente embaixo de gelo. Hoje, mais de 2.600 quilômetros quadrados de sua área é coberta por geleiras, sendo a maior delas chamada Jostedalsbreen. Uma experiência incrível é caminhar nos glaciares, algo  que exige atenção, conhecimento e equipamento. Por isso, vá com a ajuda de um guia. Conheça também a geleira Folgefonna e se maravilhe com a coloração azul do gelo.

 

Mais lidas:
Hotéis inusitados (o hotel de gelo da Noruega é um deles!)
Esportes de inverno: quantas calorias você gasta? 
Quartos de hotel cor de rosa: Vestby, Noruega 

sol da meia noite


Sol da meia noite

Durante o verão norueguês, acontece um fenômeno chamado sol da meia noite.  Ao norte do Círculo Polar, o sol é visível 24 horas por dia durante alguns meses. A luz ininterrupta dá ainda mais energia à flora e fauna locais, assim como aos noruegueses, que saem para a rua de sorriso estampado no rosto. É bem provável que contagie você também! Aproveite algumas das muitas atividades disponíveis nessa região, como passeios de barco nas cidades costeiras e vilas de pescadores, safáris para avistar baleias e focas ou passeios de observação de pássaros que mostram como esses animais reagem ao sol da meia noite.

 

 

fiordes


Fiordes

Os fiordes são grandes entradas do mar  entre rochas, formações criadas pela erosão causada pelas geleiras na Era Glacial. Hoje, estes vales rochosos imensos impressionam pela beleza e grandiosidade. Na língua norueguesa, a palavra “fiorde” significa algo próximo de “porto seguro”. São sete os principais fiordes do país. O Sognefjord, por exemplo, é o mais comprido e profundo, que se estende até alguns parques nacionais. Geirangerfjord é um dos mais populares pela tonalidade verde turquesa das águas e pelas cachoeiras “Sete Irmãs” que o decoram. Mas os outros (Romsdalsfjord, Nordfjord, Nærøyfjord e Aurlandsfjord, Hardangerfjord e Lysefjord) não ficam atrás em beleza. Aproveite para fazer um tour ou andar de caiaque e descobrir lugares escondidos na natureza.

 

cachoeiras


Cachoeiras de Vøringsfossen 

As cataratas mais famosas do país têm uma queda de 182 metros. Suas múltiplas cascatas deslumbram os turistas, que preferem vê-las pelos mirantes da região (se viajar com crianças fique atenta, já que alguns dos mirantes não têm vedação). O ponto mais popular é através do mirante do Hotel Fossli. Uma rota cênica construída entre 1887 e 1924 leva ao pé da cachoeira, contornando a montanha com 125 curvas. Aproveite as paradas para tirar fotos, fazer piqueniques ou apreciar a paisagem. Se possível, evite visitar esta atração durante o verão europeu, já que é nesta época que ônibus recheados de turistas invadem a área. 

 

 Fotos: VisitNorway - Anders Gjengedal, Bjarne Riesto, Håvard Myklebust, Johan Berge e Gaute Bruvik.

Comentar

Plain text

  • Nenhuma tag HTML permitida.
  • Endereços de páginas de internet e emails viram links automaticamente.
  • Quebras de linhas e parágrafos são feitos automaticamente.

Filtered HTML

  • Endereços de páginas de internet e emails viram links automaticamente.
  • Tags HTML permitidas: <a> <em> <strong> <cite> <blockquote> <code> <ul> <ol> <li> <dl> <dt> <dd> <p> <iframe>
  • Quebras de linhas e parágrafos são feitos automaticamente.

Gmap

  • Insert Google Map macro.